Olá visitante! Faça o login ou cadastre-se  
Carrinho vazio








Princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica, O

Hans Jonas

356 páginas

ISBN: 978-85-85910-84-6

Tradução: Marijane Lisboa e Luiz Barros Montez

Este é um dos mais importantes livros do final do século XX. Um livro erudito e polêmico, que trata de um tema central para a sobrevivência física e espiritual da humanidade: a busca de uma ética para a civilização tecnológica.


    "Certas transformações em nossas capacidades", diz Hans Jonas, "acarretaram uma mudança na natureza do agir humano. Já que a ética tem a ver com o agir, a natureza modificada do agir humano também impõe uma modificação na ética." A natureza qualitativamente nova de muitas das nossas ações descortinou uma dimensão inteiramente nova, não prevista nas perspectivas e nos cânones da ética tradicional. A técnica moderna introduziu ações de tal ordem inédita de grandeza, com novos objetos e tamanhas consequências, que a moldura da ética antiga não consegue mais enquadrá-las.


    No pensamento tradicional, a presença do homem no mundo era um dado primário e indiscutível, de onde partia toda ideia de dever referente à conduta humana. Agora, essa presença tornou-se, ela mesma, um objeto de dever, o dever de conservar o mundo e preservar as condições dessa presença.


    A pesquisa de Hans Jonas converge para uma pormenorizada crítica ao ideal utópico contido no programa de Bacon e atualizado na obra de Marx e de Bloch: "Como tem a seu favor os sonhos mais antigos da humanidade, e agora parece também possuir na técnica os meios para transformar o sonho em empreendimento, o utopismo, outrora inócuo, tornou-se a mais perigosa das tentações – precisamente porque idealista – da humanidade em nossos dias. À imodéstia de seus objetivos, equivocada tanto em termos ecológicos como antropológicos, o Princípio Responsabilidade contrapõe a tarefa mais modesta que obriga ao temor e ao respeito: conservar incólume para o homem, na persistente dubiedade de sua liberdade que nenhuma mudança das circunstâncias poderá suprimir, seu mundo e sua essência, contra os abusos de seu poder."


    Hans Jonas (1903-1993) foi aluno de Martin Heidegger na Universidade de Freiburg na década de 1920. De origem judaica, deixou a Alemanha em 1934, pouco depois da ascensão do nazismo ao poder. Viveu na Inglaterra e nos Estados Unidos. Em 1966 publicou "The Phenomenon of Life, Toward a Philosophical Biology", obra em que estabelece os parâmetros de uma filosofia da biologia. Em 1979 veio à luz sua obra mais importante, "Das Prinzip Verantwortung. Versuch einer Ethic für die Technologische Zivilisation", agora finalmente traduzida para a língua portuguesa.


    César Benjamin

 R$ 72,00    R$ 50,40
             Sumário


Compartilhar:

TÍTULOS RELACIONADOS
Princípio esperança, O - v. 3

Ernst Bloch

R$ 78,00 R$ 54,60
Conceito de tecnologia, O volume 2

Álvaro Vieira Pinto

R$ 96,00 R$ 72,00
Nomos da Terra no direito das gentes do jus publicum ...

Carl Schmitt

R$ 78,00 R$ 46,80
Princípio esperança, O - v. 2

Ernst Bloch

R$ 78,00 R$ 54,60
Produção de presença: o que o sentido não consegu...

Hans Ulrich Gumbrecht

R$ 42,00 R$ 25,20
Por uma filosofia da diferença: Gilles Deleuze, o pe...

Regina Schöpke

R$ 48,00 R$ 38,40




  • Editora Contraponto
  • Rua Joaquim Silva, 98 - 5º andar
  • Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20241-110
  • Tel: (21) 2544-0206 / 2215-6148
  • contato@contrapontoeditora.com.br