Olá visitante! Faça o login ou cadastre-se  
Carrinho vazio







Vontade de poder, A

Friedrich Nietzsche

516 páginas

ISBN: 978-85-85910-96-9

Tradução: Marcos Sinésio P. Fernandes e Francisco José D. de Moraes

Durante a sua última década produtiva, a de 1880, Friedrich Nietzsche acumulou uma enorme quantidade de anotações que serviriam de base para um livro abrangente, mas que só vieram à luz postumamente. O agravamento de seu estado de saúde impediu que o projeto chegasse ao fim. Elizabeth Förster-Nietzsche, sua irmã, e Peter Gast, seu dileto amigo, organizaram esse acervo e o publicaram em duas edições. A versão mais completa, tal como aparece na décima terceira edição da Kröner, serviu de base para esta primeira edição brasileira de "A vontade de poder", tal como explicam Marcos Sinésio Pereira Fernandes e Francisco José Dias de Moraes na nota sobre a tradução.


    O filósofo deixou planos para a organização dessa obra que não pôde completar e chegou a agregar subtítulos que assinalam a sua ambição: ‘Tentativa de uma transvaloração de todos os valores’ e ‘Tentativa de uma nova interpretação de todo acontecer’. Em abril de 1884, escreveu a um amigo: "Pretendo empreender uma revisão de minha metafísica e de meus pontos de vista epistemológicos. Passo a passo, tenho agora que atravessar uma série de disciplinas, pois me decidi, daqui para diante, usar os próximos cinco anos no acabamento da minha ‘filosofia’, para a qual construí uma antecâmara com o meu Zaratustra."

<Br>     A questão da autenticidade dos textos já foi superada, mas nunca saberemos como o próprio Nietzsche os organizaria se tivesse redigido a versão definitiva. Por isso, escreve Gilvan Fogel na apresentação: "É preciso que vejamos tal obra [A vontade de poder] como uma rica antologia de textos nietzschianos tardios. Diria Nietzsche, dardos, flechas lançadas contra nós, a nós... Que dardos! Que flechas!" E prossegue: "A década de 1880, na vida de Nietzsche, constitui o período de maior lucidez, de maior intensidade, de maior poder. É quando seu pensamento está mais afinado com a gravidade de sua tarefa e mais afiado para sua consecução. Essa lucidez coincide com a cunhagem do pensamento ‘vida como vontade de poder’."


    A obra que aqui traduzimos oferece, pois, a possibilidade de se descortinar o pensamento do filósofo em seu período mais maduro, mas nela esse pensamento não está acabado e sistematizado. Aparece sob a forma de 1.067 fragmentos textos curtos, parágrafos, aforismos que mostram suas ideias tal como surgiram, quase sempre perturbadoras e frequentemente geniais.


                        César Benjamin

 R$ 82,00    R$ 57,40
             Apresentação

             Sumário


Compartilhar:

TÍTULOS RELACIONADOS
Sobre o erro

Victor Brochard

R$ 38,00 R$ 22,80
Schopenhauer & Nietzsche

Georg Simmel

R$ 46,00 R$ 34,50
Princípio responsabilidade: ensaio de uma ética par...

Hans Jonas

R$ 72,00 R$ 50,40
Introdução a Aristóteles

Giovanni Reale

R$ 48,00 R$ 28,80
Imagem sobrevivente, A: história da arte e tempo dos...

Georges Didi-Huberman

R$ 86,00 R$ 60,20
Mundo como vontade e representação, O

Arthur Schopenhauer

R$ 84,00 R$ 50,40




  • Editora Contraponto
  • Avenida Franklin Roosevelt, 23 sala 1405
  • Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20021-120
  • Tel: (21) 2544-0206 / 2215-6148
  • contato@contrapontoeditora.com.br