Olá visitante! Faça o login ou cadastre-se  
Carrinho vazio








Atmosfera, ambiência, Stimmung: sobre um potencial oculto da literatura

Hans Ulrich Gumbrecht

176 páginas

ISBN: 9788578660970

Tradução: Ana Isabel Soares

É frequente vermos manifestações do leitor comum que, tomado por certa aversão pela teoria da literatura, rejeita a abordagem acadêmica por não levar em conta o gosto e o prazer da leitura. Não se pode dizer que esteja de todo equivocado. Mas Hans Ulrich Gumbrecht é uma voz singular na crítica contemporânea. O livro que o leitor tem em mãos se propõe a entender o que é a realidade da literatura hoje, colocando em foco precisamente a experiência do que se passa entre a literatura e o leitor.


    O que a literatura traz de sua materialidade histórica e o que faz na vida de quem lê ao intervir em nosso mundo? Há décadas, Gumbrecht situa sua pesquisa numa perspectiva ignorada pelas principais correntes das teorias da literatura – como o desconstrutivismo, de um lado, e os estudos culturais, de outro – e insiste na capacidade de a literatura criar efeitos de presença, não só de sentido. Não é suficiente – insiste Gumbrecht – entender o que a literatura "diz" e "representa": como críticos, precisamos explicitar a realidade que a literatura cria independentemente da interpretação e também do puro prazer estético.


    O estudo do Stimmung – conceito de difícil tradução, recuperado das discussões estéticas dos primórdios da modernidade – está comprometido com o que o autor denomina a "ontologia da literatura", isto é, com "o conjunto de modos fundamentais como os textos literários – enquanto fatos materiais e mundo de sentido – se relacionam com as realidades que existem fora deles". No conceito se reconhecem a semântica musical do processo de afinar um instrumento, a voz e a oralidade da escrita e também o conjunto de sensações num ambiente, numa atmosfera que estabelece um continuum entre a realidade do texto literário e aquela de sua recepção.


    O trabalho crítico de Gumbrecht se inscreve de modo idiossincrático e singular nos estudos contemporâneos dos afetos. Abre mão da interpretação e da representação como eixo de leitura e procura explicitar a experiência histórica na materialidade da própria experiência estética. "O que importa, sim, é descobrir princípios ativos em artefatos e entregar-se a eles de modo afetivo e corporal – render-se a eles e apontar em direção a eles."


    O que é fascinante é que essa realidade se manifesta no corpo do leitor, na maneira como a obra nos "toca" como uma atmosfera, um clima ou uma sintonia ou desarmonia musical, deixando a marca do encontro físico e material que se efetua de modo objetivo e imediato na leitura e promove uma mediação histórica concreta com seu contexto e seu ambiente específicos.


    Este livro não só discute a genealogia dos conceitos de atmosfera, ambiência e Stimmung, mas examina, através de uma série de leituras exemplares, momentos históricos da modernidade, do Renascimento até o século XX. Reconhecemos e frisamos na leitura deste importante estudo o desafio que Gumbrecht se coloca: resgatar a "vitalidade e a proximidade estética" que tendem a desaparecer nos estudos literários atuais.


  Karl Erik Schøllhammer

  Professor do Departamento de Letras, PUC-Rio

 De R$ 38,00
 Por R$ 22,80
             Sumário


Compartilhar:

TÍTULOS RELACIONADOS
Com o diabo no corpo e O baile do conde d´Orgel

Raymond Radiguet

Produção de presença: o que o sentido não consegue transmitir

Hans Ulrich Gumbrecht

Benjamin e a obra de arte: técnica, imagem, percepção

Walter Benjamin, Detlev Schöttker, Mirian Hansen e Susan Buck-Morss

Leonardo entre nós: imagens, sons e palavras na época intermidiática

Giorgio Baratta

Renovação da Antiguidade pagã, A: contribuições cientí­fico-culturais para a...

Aby Warburg

Imagem, Í­cone, economia: As fontes bizantinas do imaginário contemporâneo

Marie-José Mondzain





  • Editora Contraponto
  • Avenida Franklin Roosevelt, 23 sala 1405
  • Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20021-120
  • Tel: (21) 2544-0206 / 2215-6148
  • contato@contrapontoeditora.com.br