Olá visitante! Faça o login ou cadastre-se  
Carrinho vazio








Princípio esperança, O - v. 1

Ernst Bloch

434 páginas

ISBN: 85-85910-72-0

Tradução: Nélio Schneider

"Princípio esperança" não foi apenas um grande livro na minha vida. Foi uma guinada. Um terremoto. Uma volta a Marx. Com Marx. E para além de Marx. Meus olhos eram olhos de um menino de vinte e poucos anos. Bloch realizava uma revisão do materialismo dialético, livre de reduções mecanicistas e de outras formas vulgares de apropriação do marxismo, que ameaçavam, em mais de mil equívocos, o coração de "O capital" e de "A ideologia alemã": o compromisso com a lógica dialética – sístole e diástole – de uma interpretação ao mesmo tempo vasta e capilar.


    Era uma tomada de posição diante de interpretações insuportáveis, das formas ocidentais e orientais, de debilitar as potências de um pensamento forte. O ponto crucial era o lugar da arte, da religião e do pensamento, em suas tênues e delicadíssimas relações com a história. Se, para alguns críticos, sua obra não passava de uma romance filosófico – que magnífico romance! –, tive nele um poderoso aliado: as forças produtivas não poderiam jamais esgotar, como quiseram alguns, um compasso de Mozart, um relevo de Ghiberti ou um verso de Shakespeare.


    Mas, além disso, "O princípio esperança" foi para mim um acervo de inspiração. Tantas páginas inesquecíveis: o sonho do Eldorado, as viagens de Marco Polo, o reino do Preste João, as águas do Os Lusíadas, as núpcias da alquimia. As venturas e as desventuras das formas de sonhar. Tudo isso atingindo um grau incomparável nos capítulos voltados para os céus de Dante e de Goethe. A viagem para Deus. A projeção utópica do ideal.


    Sonhamos quando estamos acordados. Despertos. Tomados pela vida. Na obra de Bloch ainda consigo me perder e me reencontrar.


    Marco Lucchesi

    Academia Brasileira de Letras

<BR> Volume inaugural da trilogia clássica de Ernst Bloch em primeira tradução para a língua portuguesa. Monumental, a obra expõe um longo inventário daquilo que, sob a forma de sonhos e utopias, é portador de esperança. O autor atravessa o espaço e o tempo. Com vasta erudição, focaliza fatos, ideias e textos que marcaram a trajetória dos povos. A partir do que enxerga no passado e no presente, esboça os contornos de um futuro possível, em que o homem reconquiste a si mesmo, ultrapasse o reino da alienação e realize um mundo novo. Os dois outros volumes da trilogia também foram publicados pela Contraponto.

 R$ 78,00    R$ 54,60
             Sumário


Compartilhar:

TÍTULOS RELACIONADOS
Introdução à leitura de Hegel

Alexandre Kojève

R$ 88,00 R$ 66,00
Com o diabo no corpo e O baile do conde d´Orgel

Raymond Radiguet

R$ 38,00 R$ 22,80
Imaginação dialética: história da Escola de Frank...

Martin Jay

R$ 86,00 R$ 60,20
Vida e pensamento de Antonio Gramsci 1926-1937

Giuseppe Vacca

R$ 82,00 R$ 49,20
Princípio responsabilidade: ensaio de uma ética par...

Hans Jonas

R$ 72,00 R$ 50,40
Mundo como vontade e representação, O

Arthur Schopenhauer

R$ 84,00 R$ 50,40




  • Editora Contraponto
  • Avenida Franklin Roosevelt, 23 sala 1405
  • Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20021-120
  • Tel: (21) 2544-0206 / 2215-6148
  • contato@contrapontoeditora.com.br