Olá visitante! Faça o login ou cadastre-se  
Carrinho vazio








Conceitos de força: um estudo sobre os fundamentos da dinâmica.

Max Jammer

334 páginas

ISBN: 9788578660345

Tradução: Vera Ribeiro

Tradução das passagens em Latim: Antônio Mattoso (Departamento de Letras, PUC-Rio)

Por que conceitos de força podem ter importância na física contemporânea, amplamente estruturada na concepção de campos, quânticos ou clássicos? Tais conceitos interessam ao professor de física, aos pesquisadores e a diversos profissionais das ciências? Nos capítulos iniciais deste livro, Jammer apresenta argumentos pertinentíssimos.


    Chegaram os gregos a conceitos de força funcionalmente úteis na abordagem e compreensão dos fenômenos físicos? E o desenvolvimento da noção quantitativa de força encontra-se no pensamento de Kepler? Nos capítulos 4 e 5 há respostas interessantíssimas.


    Newton é radical? Que papel guarda a história das ideias para o construtor da mecânica newtoniana? As pesquisas nos capítulos 6, 7 e 8 mostram que Newton sintetiza e fundamenta uma das ideias mais profícuas do pensamento humano.


    Leibniz procurou explicar os movimentos usando conceitos de força e energia? Que influência Boscovich exerceu sobre Faraday? Quais as contribuição de Kant e de Spencer? O autor retrata impecavelmente as ideias desses filósofos no capítulo 9.


    Como descrever a propagação da ação gravitacional? Hooke, Villemot, Lesage, Herapath, pensadores insatisfeitos com as lacunas deixadas por Newton, merecem atenção? As ideias mecanicistas sobre a propagação da gravitação são esclarecidas no capítulo 10.


    Berkeley, Maupertuis, d’Alembert e Lagrange criticaram o conceito de força de Newton? Como eram as propostas de Kirchhoff, Hertz e Mach para eliminar esse conceito da ciência? As teorias de Faraday, Maxwell, Einstein, Dirac, Heisenberg, Majorana e Yukawa, fundamentadas na concepção de campo, abandonam completamente as ideias de força? Uma ampla explanação desses confrontos está nos capítulos 11 e 12.


    Aguardamos pesquisadores capazes de prosseguir esta obra maravilhosa e de rara vastidão conceitual e intelectual, realizada por Max Jammer, para nos contar o que estamos presenciando nesses primeiros dez anos do século XXI.


    Waldemar Monteiro da Silva Junior

    Professor do Departamento de

    Física da PUC-Rio



A ideia de força já estava presente no pensamento pré-científico, carregada de conotações metafísicas. Na aurora da revolução científica, Kepler lançou mão dela para relacionar as alterações na velocidade dos planetas e na distância deles em relação ao Sol. Com a mecânica de Newton, a força passou a reinar na física moderna. Desempenhou um papel construtivo no progresso da ciência, até que as novas concepções da física de campos a destronaram. É a história que Max Jammer nos conta neste livro brilhante.

 R$ 59,00    R$ 35,40
             Apresentação

             Sumário


Compartilhar:

TÍTULOS RELACIONADOS
Ensaio sobre o conhecimento aproximado

Gaston Bachelard

R$ 54,00 R$ 40,50
Pluralismo coerente da química moderna, O.

Gaston Bachelard

R$ 40,00 R$ 24,00
Ensaio filosófico sobre as probabilidades

Laplace

R$ 48,00 R$ 28,80
Causalidade e acaso na física moderna

David Bohm

R$ 68,00 R$ 51,00
Conceito de tecnologia , O, volume 1

Álvaro Vieira Pinto

R$ 84,00 R$ 63,00
Valor da ciência, O

Henri Poincaré

R$ 38,00 R$ 22,80




  • Editora Contraponto
  • Avenida Franklin Roosevelt, 23 sala 1405
  • Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP: 20021-120
  • Tel: (21) 2544-0206 / 2215-6148
  • contato@contrapontoeditora.com.br